Tumores das Vias Biliares

Entendendo a doença

Os cânceres de vias biliares são tumores raros que se formam a partir da multiplicação anormal de células ao longo dos ductos biliares, os canais que drenam a bile do fígado para o intestino delgado. Também conhecidos como colangiocarcinomas, eles correspondem a 3% de todos os tumores do trato gastrointestinal. Apesar de incomuns, apresentam alta letalidade, porque na maioria das vezes são diagnosticados em estágios avançados. Embora possam afetar pessoas de qualquer idade, são mais frequentes a partir dos 50 anos.

Os primeiros sintomas costumam aparecer quando o tumor passa a obstruir a drenagem das vias biliares. Os principais são: icterícia, coceira, fezes claras, urina escura, dor abdominal, perda de apetite, febre e náuseas e vômitos.

Esses sinais e sintomas do câncer de via biliar têm maior probabilidade de serem provocados por outras doenças benignas, por exemplo, pessoas com cálculos biliares podem ter os mesmos sintomas.

Existem muitas causas de dor abdominal que são muito mais comuns do que o câncer de via biliar, como a hepatite, inflamação do fígado frequentemente causada pela infecção por um vírus, e são causa da icterícia. Sempre que ocorrer icterícia ou qualquer um desses sintomas, consulte imediatamente seu médico.

Os sinais e sintomas podem não estar presentes apenas em estágios mais avançados da doença, mas em alguns casos, podem levar a um diagnóstico precoce. Ir ao médico ao primeiro sintoma, a doença pode ser diagnosticada em estágio inicial, quando é mais fácil de ser tratada.

Agende uma consulta e fale com o especialista do Aparelho Digestivo Dr. Mateus Martinelli. Cuide da sua saúde, ir ao médico ao primeiro sintoma de uma doença leva a um diagnóstico precoce e correto de qualquer doença que pode ser tratada em seu estágio inicial e consequentemente é o melhor caminho para a cura.  🍀

COVID-19: Mantenham a higiene e as orientações dos agentes de saúde. Fique em casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *