Notícias

Da série: Cirurgia Bariátrica (cap. 09)

Os benefícios da cirurgia bariátrica vai muito além da estética

Perder o peso e recuperá-lo não ajuda a mitigar os potenciais problemas de saúde associados à obesidade. Você deve manter o peso por um período mínimo de cinco anos para considerar a perda como um sucesso que pode resultar em uma vida mais feliz e saudável.

  1. Remissão a longo prazo para diabetes tipo 2

o procedimento é altamente eficaz para pacientes obesos com diabetes tipo 2, permitindo que quase todos os pacientes permaneçam livres de insulina e medicamentos adjuntos por pelo menos três anos após a cirurgia.

  • Melhoria da saúde cardiovascular

A cirurgia para perda de peso diminui o risco de doença coronariana, acidente vascular cerebral e doença cardíaca periférica. A pressão arterial e os níveis de colesterol podem voltar ao normal, ou quase normais, após a cirurgia, reduzindo esses riscos e melhorando o bem-estar geral.

  • Alívio da depressão

Muitas pessoas obesas sentem-se deprimidas devido à má imagem corporal e ao estigma social. Perder esse excesso de peso pode melhorar a saúde emocional desses pacientes.

  • Eliminar a apneia obstrutiva do sono

Alcançar e sustentar uma faixa de peso normal geralmente permite que pessoas com apnéia do sono parem de usar uma máquina de CPAP na hora de dormir.

  • Alívio da dor nas articulações.

A perda de peso significativa e sustentada que ocorre após a cirurgia bariátrica alivia o estresse nas articulações e muitas vezes permite que as pessoas parem de usar analgésicos e desfrutem de muito mais mobilidade.

  • Melhora a fertilidade

A cirurgia para perda de peso também pode tornar o organismo feminino mais equilibrado e, com isso, melhorar a fertilidade durante os anos férte

  • Aliviar outras condições médicas

Cirurgia de perda de peso pode aliviar a síndrome metabólica, complicações na gravidez, doença da vesícula biliar e muito mais.

Agende uma consulta e fale com o especialista do Aparelho Digestivo Dr. Mateus Martinelli. Cuide da sua saúde, ir ao médico ao primeiro sintoma de uma doença leva a um diagnóstico precoce e correto de qualquer doença que pode ser tratada em seu estágio inicial e consequentemente é o melhor caminho para a cura. 🍀

COVID-19: Mantenham a higiene e as orientações dos agentes de saúde. Fique em casa.

Veja Mais

Da série: Cirurgia Bariátrica (cap. 08)

A cirurgia bariátrica é um tipo de cirurgia na qual o sistema digestivo é alterado com o objetivo de diminuir a quantidade de comida tolerada pelo estômago ou para modificar o processo natural de digestão, de forma a reduzir drasticamente a quantidade de calorias absorvidas, facilitando a perda de peso.

Por ser um tipo de cirurgia que, na maior parte dos casos, é bastante invasivo, a cirurgia bariátrica geralmente só é indicada como forma de tratamento quando a pessoa já tentou outras formas de tratamento mas sem os resultados esperados, ou quando o excesso de peso coloca a vida em risco.

Assim, antes de fazer uma cirurgia deste tipo, todas as pessoas devem passar por uma avaliação médica rigorosa com uma equipe multidisciplinar compreendida por um cirurgião, um nutricionista, um psicólogo, um cardiologista e outras especialidades médicas

Agende uma consulta e fale com o especialista do Aparelho Digestivo Dr. Mateus Martinelli. Cuide da sua saúde, ir ao médico ao primeiro sintoma de uma doença leva a um diagnóstico precoce e correto de qualquer doença que pode ser tratada em seu estágio inicial e consequentemente é o melhor caminho para a cura. 

COVID-19: Mantenham a higiene e as orientações dos agentes de saúde. Fique em casa.

Veja Mais

Feliz 2021!

Um início de ano com muita consciência, harmonia e esperança para todos! Dr. Mateus Martinelli. 🍀

Veja Mais

Boas Festas 2020!

Nas festas de final de ano a tendência é exagerar nas comidas e bebidas. Comer é muito bom, o problema é quando isso se transforma no foco principal das reuniões em família e amigos. O alimento é uma parte da comemoração, ele deve ser saboreado lentamente, com plena atenção ao que está sendo consumido, juntamente com as pessoas que amamos.

Especialistas ressaltam que, em curto ou longo prazo, os quilogramas ganhados podem vir a desregular o funcionamento do nosso organismo. No caso de pessoas saudáveis, sem problemas de saúde, o ganho de peso pode ser o gatilho para doenças que ela já tenha uma predisposição genética, como o diabetes. Problemas ortopédicos, como desgaste de joelhos e quadris também costumam se acentuar com o ganho de peso.

Não existem alimentos prejudiciais, pois não é um alimento sozinho que causará prejuízos ao organismo, mas a forma, a quantidade e contexto que ele será consumido.

Outro risco são as bebidas alcóolicas, já que as pessoas tendem a se preocupar apenas com a comida e bebem sem se dar conta do quanto os drinks e copos de cerveja são calóricos. Para pacientes diabéticos, além do descontrole da glicemia (glicose no sangue) pela própria bebida, existe uma preocupação adicional: a desidratação que o álcool traz, o que complica ainda mais o quadro. Uma das ferramentas que ajuda a evitar o exagero é alternar com a ingestão de água e sucos naturais.

Agende uma consulta e fale com o especialista do Aparelho Digestivo Dr. Mateus Martinelli. Cuide da sua saúde, ir ao médico ao primeiro sintoma de uma doença leva a um diagnóstico precoce e correto de qualquer doença que pode ser tratada em seu estágio inicial e consequentemente é o melhor caminho para a cura. 🍀

COVID-19: Mantenham a higiene e as orientações dos agentes de saúde. Fique em casa.

Veja Mais

Da série: Cirurgia BARIÁTRICA (Cap. 06)

O tipo de cirurgia deve ser escolhido juntamente com o médico, de acordo com as condições clínicas e preferências da pessoa. Essas cirurgias podem ser feitas com o corte normal no abdômen ou por videolaparoscopia, onde apenas pequenos cortes são feitos durante a operação:

1. Banda gástrica                                                       

2. Bypass gástrico

3. Gastrectomia vertical

4. Derivação biliopancreática

A cirurgia bariátrica BANDA GÁSTRICA é menos invasiva e consiste em colocar uma banda, em forma de anel, em volta do estômago, de forma que ele diminua de tamanho, contribuindo para uma menor ingestão de alimentos e de calorias.

Normalmente, este tipo de cirurgia apresenta menos riscos para a saúde e tem um tempo de recuperação mais rápido, mas seus resultados podem ser menos satisfatórios que as outras técnicas. Saiba mais sobre a colocação de banda gástrica.

Agende uma consulta e fale com o especialista do Aparelho Digestivo Dr. Mateus Martinelli. Cuide da sua saúde, ir ao médico ao primeiro sintoma de uma doença leva a um diagnóstico precoce e correto de qualquer doença que pode ser tratada em seu estágio inicial e consequentemente é o melhor caminho para a cura. 🍀

COVID-19: Mantenham a higiene e as orientações dos agentes de saúde. Fique em casa.

Veja Mais