All posts by Carla

Esôfago em quebra-nozes

Você sabe o que é esôfago em quebra-nozes?

Quando o indivíduo tem refluxo, em algumas vezes, a acidez do estômago irrita tanto o esôfago, que ele se contrai de uma maneira abrupta e violenta, quase como uma câimbra, causando uma dor forte – esse sintoma é chamado de esôfago em quebra-nozes.

Uma vantagem, nesse caso, é quando o refluxo é tratado, ele para de irritar o esôfago e o esôfago em quebra-nozes costuma melhorar também. Portanto, é um sintoma secundário ao quadro da doença do refluxo gastroesofágico, que pode ser facilmente controlado.

Porém, há momentos do tratamento da doença, em que erramos na mão: fica nervoso demais e a acidez aumenta, toma anti-inflamatório não-hormonal por causa de dor na coluna e o que ajuda a ter secreção ácida.

Além disso, pode acontecer exageros na alimentação: sai para jantar e toma muito vinho ou café. Essas situações fazem com que a gente perca o controle da doença do refluxo gastroesofágico e, assim, pode gerar crises.

Por isso, é importante o indivíduo aprender sobre o próprio corpo, descobrir quais são os parâmetros que fazem piorar o refluxo, a azia e a queimação, para evitar os sintomas e ter uma vida mais homogênea, sem tantas crises. Agende uma consulta e fale com um especialista do Aparelho Digestivo caso sinta contrações no esôfago, dores fortes, refluxo, soluço e ardência, o diagnóstico precoce e correto de qualquer doença faz toda a diferença e o tratamento é o melhor caminho para a cura. 

Veja Mais

TIPOS DE NEOPLASIA DE PÂNCREAS

Existem vários subtipos de câncer no pâncreas, alguns mais raros do que os outros ou difíceis de se diagnosticar.

Novos estudos mostram que a doença, que é abordada de uma única forma, possui subtipos e cada um possui formas diferentes e taxas de sobrevida. Ter o conhecimento das classificações leva a um diagnóstico mais preciso para o desenvolvimento de remédios adequados a cada caso e paciente.

O cistoadenoma seroso é um tipo de câncer benigno do pâncreas e geralmente desenvolve-se na cabeça do órgão. A neoplasia mucinosa papilar é outro tipo de câncer e se desenvolve nos ductos do pâncreas caracterizado pela produção de um líquido pelas células do tumor. Já o pseudocisto pancreático é um fluído envolvido por uma cápsula fibrosa, uma complicação que geralmente aparece semanas após uma pancreatite. No tecido epitelial glandular é formado a Adenocarcinoma que é uma neoplasia maligna.  O tumor sólido cístico é um dos tipos raros de câncer,  sendo um tumor epitelial, é composto por células monomorfas, apresenta um comportamento benigno e se apresenta geralmente na região corpo caudal do pâncreas.

Agende uma consulta e fale com um especialista do Aparelho Digestivo caso sinta dores fortes no abdômen, indigestão, perda de peso, cansaço, diagnóstico precoce e correto de qualquer doença faz toda a diferença e o tratamento é o melhor caminho para a cura. www.aparelhodigestivo.net.br

Veja Mais

CÂNCER DE PÂNCREAS

O pâncreas é uma glândula responsável pela criação de enzimas, que atuam na digestão de alimentos, e da insulina, responsável pela diminuição de glicose no sangue.

O câncer de pâncreas mais comum é o adenocarcinoma, que se origina na parte do tecido glandular e na maioria dos casos afeta o lado direito do órgão. É mais comum que apareça em pessoas com mais de 60 anos e alguns dos sintomas são falta de apetite, perda de peso, náuseas, dor nas costas, dores abdominais entre outras, porém todos esses sinais não são específicos, o que causa muitas vezes um diagnóstico tardio da doença.

Alguns fatores de risco são o uso abusivo de tabaco e álcool, ingestão de carnes e gorduras. Pessoas que possuem pancreatite aguda e diabetes melitus correm um risco maior de desenvolver a doença.

Veja Mais

PANCREATITE

A pancreatite aguda é a inflamação do pâncreas, causada a maioria das vezes pela excessiva ingestão de álcool ou pelos cálculos biliares, que são depósitos de material sólido e se alojam na vesícula biliar, que as vezes se movimentam para dentro do duto colédoco e acabam ocasionando a obstrução.

Alguns sintomas da pancreatite são dores intensas na parte abdominal, que muitas vezes se erradia para as costas, podem durar por dias e aparecer subitamente alcançando uma intensidade grande causando até náuseas e vômitos.

Agende uma consulta e fale com um especialista do Aparelho Digestivo caso sinta dores fortes no abdômen, o diagnóstico precoce e correto de qualquer doença faz toda a diferença e o tratamento é o melhor caminho para a cura. www.aparelhodigestivo.net.br

Veja Mais

ADENOCARCINOMA DE ESÔFAGO

O esôfago é um órgão tubular responsável por transportar o alimento da boca ao estômago. O câncer de esôfago pode ter duas variações, adenocarcinoma ou carcinoma espino-celular (CEC). O primeiro alojando-se no terço mais inferior do esôfago e o CEC nos terços médio e superior. Os dois iniciam com acometimento local, proliferando para o interior do esôfago, invadindo órgãos ao redor, disseminando para gânglios linfáticos ao redor da lesão ou se disseminando para outros órgãos a distância.

Alguns fatores de risco podem agravar ou iniciar essa condição, como tabagismo e etilismo.

Os sintomas mais frequentes são a dificuldade de deglutir e dor ao engolir.

Agende uma consulta e fale com um especialista do Aparelho Digestivo caso sinta dor ao engolir ou deglutir seus alimentos, o diagnóstico precoce e correto de qualquer doença faz toda a diferença e o tratamento é o melhor caminho para a cura. www.aparelhodigestivo.net.br

Veja Mais