Pandemia: alterações em nosso tubo digestivo

O estresse ou o nervosismo a que estamos submetidos atualmente, somado à falta de movimentação e uma alimentação às vezes pouco cuidadosa, pode ter produzido alterações em nosso tubo digestivo, especialmente em pessoas que já sofriam desses problemas. “Um dos sintomas mais habituais nos últimos dias é a constipação, que acostuma vir acompanhada de hemorroidas e inclusive dor ou distensão abdominal”, explica Argüelles Árias. A solução? “Manter uma dieta variada para que nosso sistema digestivo funcione de forma adequada, evitar o tabaco e o excesso de álcool e fazer um pouco de exercício, por menor que seja o lugar onde estamos confinados”, salienta. Conforme desenvolve uma publicação recente da FEAD, “é fundamental consumir diariamente pelo menos duas rações de hortaliças, umas três peças de fruta diárias e de quatro a seis rações de cereais ou derivados, em forma de cereais matinais, pão, massa ou arroz, preferivelmente integrais ou enriquecidos com farelo de cereais de trigo, por sua maior oferta de fibra”.

Mantenham a higiene e as orientações dos agentes de saúde. Fique em casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *