Em crianças a transmissão fecal-oral é mais frequente

Estudo no periódico Frontiers in Pediatrics descreve casos de crianças diagnosticadas com covid-19 e cujos primeiros sintomas foram não-respiratórios.

Cinco crianças de 2 meses a 5 anos de idade chegaram ao hospital infantil de Wuhan, cidade chinesa que registrou o primeiro surto de covid-19, apresentando problemas gastrointestinais como diarreia, vômito, dor abdominal e falta de apetite.

Alarmados com o novo coronavírus, médicos pediram que fossem feitas tomografias computadorizadas, que então revelaram uma surpresa: apesar de os pequenos não apresentarem naquele momento sintomas respiratórios como tosse ou dor de garganta, seus pulmões estavam infectados por um vírus.

Mantenham a higiene e as orientações dos agentes de saúde. Fique em casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *